2007-06-12

Um Dia Diferente

Hoje eu tive um dia diferente.

Já faziam alguns bons anos que não havia o que comemorar nesta data. Tantos que acho que esqueci como se comemora o raio deste dia!! (pode???)

Mas hoje foi um dia diferente, havia o que se comemorar! Só que...

E agora? O que um homem perto dos 40, recém retornado à adolescência emocional, faz num dia como este?? O_o

Saio para comprar um presente? Faço uma reserva em algum restaurante românico? Encomendo um buquet de rosas? Ó, dúvida cruel...

Opções que envolvem grana alta foram prudentemente descartadas: estou num momento financeiro que demanda cautela...

Presentinhos bobos, lembrançinhas baratas... Ah, nunca fez minha cabeça. Se eu gastar dinheiro para dar algo para quem eu amo, então terá que ser em algo que ela queira, deseje ou pelo menos precise. Um presente para quem amo tem um significado, não é apenas um pretexto para aliviar uma consciência pesada ou mera formalidade social.

E agora, José? :-P

A primeira atividade do dia foi um fracasso homérico - errei na mão, equivoquei-me na forma: enfiei o pé na jaca, em resumo. Falta de prática é uma merda, preciso melhorar! (E não, eu não vou contar! ¬¬)

Então fiz algo diferente... :-)

Há coisas que precisavam ser feitas em sua casa, e fui fazê-las eu: As estantes da sala estavam caindo, os tijolos (daqueles vazados) não deram sustenção ao pino em que se assentavam; e passou da hora de arrumar os fios elétricos e cabos da Cable TV e do Cable Modem que estão bagunçados e soltos pela sala.

Não comprei nada (exceto um conector CATV e uns salgadinhos para o almoço), mas passei a tarde furando parede, aparafusando mão-francesa, montando e passando cabo e - lógico - sendo gozado à exaustão: quem me conhece sabe que como posso ser estabanado... :-D

Estou com os braços doídos e com bolhas nas mãos de tanto apertar parafuso, mas passamos a tarde rindo (da minha cara - meu, não bastava ter montado as mão-francesas invertidas, uma delas ficou mais torta que consciência de político!!) e quando ela voltar da faculdade jantaremos (queijo e vinho*, o que mais? ;)), e riremos ainda mais (da minha cara...), e observaremos todos os livros na estante sem medo de desastres, e provavelmente assistiremos a um bom DVD na sala (onde andaremos com cuidado, porque não deu tempo de arrumar a fiação :-P).

É isto que faz este dia diferente dos outros, e ainda mais diferente dos outros dias 12 de junho que vivi recentemente.

Feliz Dia dos Namorados.


*Whoops!! Acabo de lembrar que tenho que sair correndo na padaria comprar pão italiano e alguns frios... :)

Questões:


1 Lições:

Blogger Gisele Marins ensina...

Desculpe a invasão....
Mas gostaria de deixar registrado que estive aqui, e que cheguei aqui porque mandei o "cadê" procurar "um presente diferente", daí achei o seu blog.
Na verdade, o que eu queria deixar registrado aqui não é a maneira qual cheguei até este blog, mas pelo seu post, que foi no mínimo muito divertido e interessante.
Parabéns....você escreve muito bem.
Se for possível...gostaria de voltar para ler seus próximos post´s.
Bj
Gisele Marins

9 de jun de 2008 21:39:00  

Postar um comentário

<< Home