2006-10-07

Oração

Não sou religioso.

Não me lembro a última vez que rezei um Pai Nosso, e confesso que mal e porcamente me lembro da Ave Maria. O Salve Rainha, então, nem se fala - se minha alma depender de rezar o Terço, estou condenado.

Em momentos difíceis, dificilmente oro à Deus pedindo ajuda - mas já orei à Ele agradecendo o tempo extra que me foi dado. Mais de uma vez... (Alguém lá em cima não me que por perto tão cedo...)

Não acho que seja meu papel de bom filho pedir ao Pai intervenção em todos os meus problemas - principalmente naqueles que eu posso (ou deveria poder) resolver (ou prevenir) sozinho...

Talvez seja por isto que esta citação do 13th Warrior tenha me marcado tanto:

Merciful Father, I have squandered my days with plans of many things. This was not among them. But at this moment, I beg only to live the next few minutes well. For all we ought to have thought, and have not thought; all we ought to have said, and have not said; all we ought to have done, and have not done; I pray thee God for forgiveness.
Para aqueles que preferem em português:
Pai Misericordioso, eu desperdiçei meus dias com planos para muitas coisas. Isto não estava entre eles. Mas neste momento, eu peço apenas viver bem estes próximos poucos minutos. Por tudo o que deveríamos ter pensado, e não pensamos; pelo que deveríamos ter dito, mas não dissemos; pelo que deveríamos ter feito, mas não fizemos; eu oro a Ti, Deus, por perdão.

Que esta oração tenha sido feita para um filme. O fato é que o cara que escreveu isto ou conhecia os fundamentos das religiões judaica, cristã e islâmica ou teve uma sorte danada (ou inspiração divina?). Curiosos, leiam o link deste post.

Para alguns amigos - que toda nossa luta não seja em vão...