2005-11-19

Who tied my hands to the wheel?

TTaarrjjaa TUuurruunneennThe Siren (Nightwish)

A lady with a violin playing to the seals
Hearken to the sound of calling


Who tied my hands to the wheel?
The zodiac turns over me
(Come to me)
Somewhere there my fate revealed
I hear but how will I see?



I tied myself to the wheel
The winds talk to my sails, not me
(Come to me)
Somewhere there my fate revealed
I hear but how will I see

A parábola da sereia é fantástica.

Por tempo demais eu venho refreando meus impulsos (I tied myself to the wheel),
uma decisão que se revelou no mínimo infeliz (The zodiac turns over me).

E então eu resolvi dar vazão à alguns destes impulsos (Somewhere there my fate revealed),
uma decisão que está se revelando também não muito feliz (I hear but how will I see?).

As pessoas reagem da forma que lhes convêm (The winds talk to my sails, not me).


Refrear ou disfarçar meus impulsos não me fez bem, e está se tornando uma carga pesada demais para meus ombros. Mas está sendo muito difícil soltá-los de forma controlada e gradual - quem controla a água de um dique que se rompe?

Meu Wille Zur Macht está falando alto demais. É hora de dar-lhe atenção enquanto ainda tenho algum controle sobre ele.