2005-09-01

Pérolas de Drummond

Ando um pouco atarefado nestes últimos dias, o tempo para terminar os inúmeros posts que estão no forno anda escasso.

Mas o tempo nunca está tão escasso que não se possa lembrar de alguns momentos especiais - estejam ele nas lembranças do passado ou nas esperanças do futuro.

Mais Drummond pra vocês.

Os movimentos vivos no pretérito
enroscam-se nos fios que me falam
de perdidos arquejos renascentes
em beijos que da boca deslisavam
para o abismo de flores e resinas.
Vou beijando a memória desses beijos.