2005-04-16

Os textos devem fluir

Tenho escrito pouco ultimamente. Não por falta do que escrever, mas anda me faltando oportunidades para sentar em frente ao micro e deixar fluir as palavras para o teclado - tecla por tecla, numa seqüência ordenada que forma palavras, parágrafos e textos. Meus textos.

Textos que comunicam minhas idéias à pessoas que nem sei se realmente existem ou se são apenas máscaras atrás das quais as pessoas de carne e osso se escondem (assisti Vanilla Sky ontem).

Agora, neste momento, uma das (por enquanto, ao menos) raras oportunidades aparece. Mas os textos não fluem. Eles estão há tanto tempo socados uns contra os outros que, como as pessoas na vida real, se acomodoram na escura mediocridade que permeia os rincões inatingíveis de minha mente (sim, admito que eventualmente me considero um medíocre - o que é a mediocridade senão a incapacidade de levar à cabo tarefas que você sabe realizar, e reconhece como necessárias?).

A preguiça textual suplantando a necessidade de me expressar. Irônico, não? :-)

Mas tudo passa - atá uva passa! Minhas crises de mediocridade costumam ser breves.


The Spice must flow.