2004-10-30

The Quest for my Rest

Quinta-feira dei uma estressada violenta, fiquei murcho o resto da semana.

Às vezes é muito difícil aceitar a canga que precisamos carregar nas costas. Sozinho, é mais difícil ainda.

Não que eu precise de ajuda para carregar o diabo da canga, aliás o problema não é nem a canga : é esta necessidade (bendita? maldita?) que seres humanos possuem de ter alguém do lado nem que seja pra dar bom dia. (Há outras coisas que eu quero fazer também, mas vou abstrair esta parte!! :-) ).

Nestas horas, o melhor é se distanciar de tudo, ficar sozinho, e buscar sossego pra pensar na vida.

Acabo de iniciar minha própria busca : The Quest for my Rest. Vou me escafeder pro meio do mato.