2004-09-11

Todos temos que aprender um dia...

Bom, finalmente aconteceu. Criei um blog.

Eu costumo "chegar" tarde nestas coisas. Levei 3 ou 4 anos para criar uma homepage (que está sem utilidade à outros 3 ou 4), acho que fui um dos últimos do trabalho a entrar no Orkut, ainda não fiz nada no Multiply e, vejam só, após anos da invenção dos WebLogs resolvi criar o meu.


Estou à semanas com este bendito filme na cabeça (Eternal Sunshine from the Spotless Mind). Apesar de ter rido à beça (aquela cena onde a mãe dele o pega com a "mão na massa"... puuutz), eu saí do cinema muito pensativo. Eu traçei um paralelo do enredo do filme com a minha vida nos últimos 6 ou 7 anos.

Fiquei chocado com o que eu percebi : Por um motivo ou outro, eu acabei "apagando" da minha memória traços de minha própria personalidade (parece que sou eu a pessoa que quero esquecer!!). Esqueci decisões, atitudes, pensamentos, burradas, acertos... Enfim, coisas que vivi.

Me parece que foi mais fácil viver apenas como um subconjunto de mim mesmo durante alguns anos de minha vida. Eu não estava preparado para a transição entre joven adulto e adulto maduro. Como se juventude não fosse sobretudo um estado de espírito, e maturidade pudesse ser adquirida apenas com o passar do tempo.

Como fui precipitado...


Acontece que a "memória voltou". Traços de minha personalidade estão novamente vendo a luz do sol. Velhas promessas estão sendo lembradas (e cumpridas!), velhas decisões reavaliadas.

O adormecido despertou.


Change your heart... Look around you. Change your heart... It will astound you.

It astounded me.