2015-07-08

Stat rosa pristina nomine; nomina nuda tenemus.

Não esperes de mim, querida, nada mais que um Adeus; eu não espero de ti nada além das saudades de todos os momentos que não vivemos.

Não apreciei receber tão pouco (se algo) em troca de tanto que ofereci - se era pouco, não devias ter aceitado. (estelionato sentimental?)

Meu coração é de pedra, moça, e nele não se escreve à lápis - mas à marteladas de cinzel. Os poucos nomes que nele deixei que se encravassem vão me acompanhar pelo resto de meus dias.
E se nem sempre sou sábio (teu nome está lá, não?), ao menos sou honesto com meus sentimentos. Se é verdade que teu nome está encrustado em meu coração, também o é que, de você, nada mais está lá.
Nem estará.
Adeus.

(Você merece...)

Sem mal entendidos, por favor - se você não sabe se isto é para você, é porque não é. :-)

2014-07-09

2014. A Copa das Copas.

A Copa mais cara da história (mais cara que as duas últimas - JUNTAS).

A primeira Copa da História inaugurada com um Gol Contra - nosso.

A maior goleada que nossa Seleção já levou no fiofó - ever.

A primeira Copa da história em que as obras de infra-estrutura desabam - antes do fim da Copa! (vão pra ponte que caiu - pun really intended).

Pra se ter uma idéia da dimensão histórica deste feito, segue abaixo os integrantes deste seleto grupo de Seleções que levaram 7 no traseiro desde a primeira das Copas:

  • 1934: Itália 7 x 1 EUA (uia! finalmente nos igualados aos gringos em algo!)

  • 1938: Suécia 8 x 0 Cuba (pelo menos, não somos os últimos)
  • (42 e 46 não teve Copa - a 2ª Grande Guerra fez o que nenhum blackbox foi capaz)
  • 1950
    • Uruguai 8 x 0 Bolívia (Bolivia seguindo os passos de Cuba desde 50!)
    • Brasil 7 x 1 Suécia (Suecos, considerem-se vingados!)
  • 1954
    • Hungria 9 x 0 Coréia do Sul (sempre tem alguém pior que a gente)
    • Hungria 8 x 3 Alemanha Ocidental (Levaram 8, mas ao invés de chorar pelos cantos, os alemães foram pra cima e fizeram 3)
    • Turquia 7 x 0 Coréia do Sul (Bom, ao menos levaram 2 gols à menos! =P)
    • Alemanha Ocidental 7 x 2 Turquia (Yep - ao menos o nosso não foi a primeira vez! =P)
    • Uruguai 7 x 0 Escócia
    • (a Copa de 54 foi foda, hein? A alegria dos fabricantes de almofadinhas de látex com furo central...)
  • 1958: França 7 x 3 Uruguai (que queda a do Uruguai, mas eles não desistiram...)
  • 1982: Hungria 10 x 1 El Salvador (And we have a winner! Caracas, 10?)
  • 2010: Portugal 7 x 0 Coréia do Norte (Portugal Strikes Back!)
  • Não somos os piores do mundo (nunca fomos), nem fomos a primeira Seleção "forte" a levar 7 no fiofó (mas o Uruguai continou mordendo enquanto apanhava).

    Mas nunca, na nossa história, estivemos na turma do fundão. Não somos uma Seleção que sempre apanhou no passado e através de trabalho e superação conquistamos um lugar ao Sol: pelo contrário, das grandes Seleções do passado, *nenhuma* levou uma surra tão triste quanto a nossa (Uruguai socou 3 gols de volta - nós fizemos um por cortesia do adversário).

    Observem o que aconteceu com a Seleção desde a última Copa.

    Observem o que aconteceu com o País deste a última Copa.

    É realmente uma surpresa tão grande assim o que aconteceu?

    2014-07-08

    Antes de Ganhar, é necessário aprender a Perder.

    Nós somos um povo difícil. Simplesmente nunca aprendemos a perder, nos recusamos terminantemente a considerar a hipótese de que podemos perder - e com isto, jogamos no lixo nossas chances de vitória.

    E não falo de um jogo. Falo do cotidiano, brasileiro se recusa a aprender a perder em qualquer momento da sua vida: loja não devolve dinheiro, profissional liberal não honra garantia, programador não trata exceção =P, operadora de celular ignora reclamação, editora se vale de qualquer deslize pra 'renovar' assinatura à revelia do assinante, sistemas são "flexibilizados" pra aceitar qualquer bosta, concessionária não troca o automóvel se ele vier com defeito de fábrica, compania elétrica cobra à mais e devolve não aumentando sua conta depois de 10 anos, analistas estimam errado e não dilatam os prazos...

    E por aí vai.

    Nós traçamos um maravilhoso plano (de negócios, de ataque, de qualquer coisa - "Você já combinou isto com o adversário?" - Garrincha) e na primeira dificuldade séria, tudo desaba (como certas pontes em Belo Horizonte)!!

    A Seleção Brasileira nesta Copa estava fraca, muito fraca (e só não via quem não queria, outra característica inata do brasileiro, ao que me parece), e a Alemã forte, muito forte (e não é de ontem). Só um milagre pro Brasil ganhar da Alemanha.

    Mas não foi isto o que decidiu o jogo: a Alemanha não ganhou de 7 x 1, nós é que perdemos de 1 x 7!

    (A Alemanha só conquistou 1 gol neste jogo: o primeiro (e talvez os dois últimos). Os  quatro seguintes, nós deixamos eles fazerem. Simples assim.)

    A equipe inteira desmontou na primeira dificuldade (pô, foi só um gol!), simplesmente não estavam preparados psicologicamente para enfrentar o menor dos reveses! Treinaram durante meses sobre como fazer passes, como atacar, como recuar, mas pelo visto não treinaram porra nenhuma sobre como retomar o jogo depois de levar um gol no fiofó!

    (E o nosso único gol, foi cortesia do adversário - falem sério, faltou apenas um tapete vermelho até as traves alemãs)

    Planos falham. Pessoas erram. Um safado mais esperto que você vai achar um erro no seu sistema. Algum funcionário (seu ou do seu fornecedor) vai tentar um golpe um dia. Aparelhos quebram. Materiais sucumbem. Verbas são desviadas. Políticos são eleitos para cargos administrativos. Pessoas despreparadas viram presidente.

    Tudo conspira para que as coisas dêem errado - e os vitoriosos não são aqueles que não erram, mas sim aqueles que sobrevivem aos seus erros.

    O Universo tá cagando pros seus (e meus) projetos. E Deus (se Ele existe), não está na sua folha de pagamentos.

    Agora deixem de mimimi, e vão sobreviver à uma cagada. A vitória chegará quando você aprender a limpá-las.