2016-04-07

Eles passarão. Eu, passarinho.

Em pleno inverno, de manhã, em meio à forte geada, um passarinho tremendo de frio se aproxima de umas vacas que estão ruminando, tentando se aquecer. Mas não deu certo, porque as vacas são altas e ele muito pequenino.
Entretanto, uma vaca viu o passarinho, se aproximou e deu uma tremenda cagada em cima dele. O que parecia ser uma agressão, acabou se revelando a salvação: o calor da merda aqueceu o passarinho e ele ficou muito confortável e tão alegre que começou a piar, agradecendo.
Acontece que por ali perto estava um gato faminto; ouvindo o piar do passarinho, se aproximou, tirou o passarinho da merda, limpou e o comeu.
Essa estória nos ensina quatro lições importantes:
  1. Nem todo mundo que te põe na merda te quer mal
  2. Estar na merda, às vezes, é melhor que não estar
  3. Nem todo mundo que te tira da merda te quer bem
  4. E o mais importante – quem tá na merda, não pia!

2015-11-16


Ich schlief, ich schlief -
Aus teifem Traum bin ich erwacht:
Das Welt ist tief,
Und tiefer als der Tag gedacht.
Nietzsche

O dia hoje foi... de matar.

2015-07-08

Stat rosa pristina nomine; nomina nuda tenemus.

Não esperes de mim, querida, nada mais que um Adeus; eu não espero de ti nada além das saudades de todos os momentos que não vivemos.

Não apreciei receber tão pouco (se algo) em troca de tanto que ofereci - se era pouco, não devias ter aceitado. (estelionato sentimental?)

Meu coração é de pedra, moça, e nele não se escreve à lápis - mas à marteladas de cinzel. Os poucos nomes que nele deixei que se encravassem vão me acompanhar pelo resto de meus dias.
E se nem sempre sou sábio (teu nome está lá, não?), ao menos sou honesto com meus sentimentos. Se é verdade que teu nome está encrustado em meu coração, também o é que, de você, nada mais está lá.
Nem estará.
Adeus.

(Você merece...)

Sem mal entendidos, por favor - se você não sabe se isto é para você, é porque não é. :-)